Falando de Games #05: Come, Come!


“Comer, comer! Comer, comer! É o melhor para poder crescer!”


Lembraram-se da hora do recreio, amiguinhos? Nostálgico, não é? Pois no “Falando de Games” de Junho vamos embarcar em um game bem nostálgico, popular e que fez parte da vida de muitos gamers dos anos 80! Vamos comer pastilhas e saber um pouco mais sobre o jogo que muitos chamavam de “Come, come”: o viciante Pac-Man! Um game aparentemente simples, mas acredite, ele foi uma completa revolução para sua época, e o tio aqui vai te contar o porquê!



Tudo acaba em pizza!

Pac-Man é um game criado pelo japonês (sempre eles!) Toru Iwatani para a empresa Namco no início dos anos 80. A história que narra de onde veio a ideia é bem inconsistente e não há um consenso nem sobre a veracidade dela, porém todas combinam em uma coisa: a ideia veio de comida! Supostamente, Toru teria tido a ideia vendo uma pizza sem uma fatia, o que dava a ela a aparência de uma grande cabeça com a boca aberta pronto para comer e comer! Ele jura que foi assim, mas há quem acredite que seja apenas uma versão romantizada para a história...


Vai um pedaço?

Brincadeira de menina! 


Acredite se quiser, mas Pac-Man originalmente foi criado para ser um game para meninas! Calma aí, machão! Eu explico. Vamos voltar lá no início da década de 80, quando não era comum ter videogame em casa. A moda eram os fliperamas, ambientes completamente masculinos com jogos de atirar e Toru queria criar um game que atraísse as meninas para esse ambiente, tornar o espaço mais democrático e claro, lucrar!



Menina também brinca!

F*ck Man? 


No Japão, o ato de abrir e fechar a boca para comer é simbolizado com a expressão “Paku-Paku”, como o game era sobre um personagem abrindo e fechando a boca para comer (tá dando fome essa coluna...kkk) o nome inicial do game foi adaptado e tornou-se “Puck-Man”. Mas quando ele foi comprado para lançamento nos Estados Unidos, com medo de que esse nome gerasse piadinhas e trocadilhos com um palavrão bem conhecido em inglês, Puck virou Pac e surgiu “Pac-Man”!



Paku-Paku

Inteligência artificial 

Muito antes de zumbis e aldeões se unindo em grupos para te encurralar em Resident Evil ou inimigos estrategistas em jogos de guerra, Pac-Man foi pioneiro ao utilizar inteligência artificial em games, algo revolucionário na época, e que muitos de vocês nem sequer imaginavam! Sabiam que os fantasmas não perseguem o Pac-Man aleatoriamente? Cada fantasminha, que inclusive tem nome, possuem uma personalidade diferente!

Blinky, o vermelho, tem a função de te perseguir como se não houvesse amanhã!

Pinky, o rosa, foi programado para se posicionar na frente do Pac-Man, e em conjunto com Blinky, ele te encurrala, pois o vermelho vem atrás e o rosa pela frente!

Inky, o azul, se posiciona no mesmo local que você, mas do lado oposto ao da tela. Pode parecer sem sentido, mas em determinados momentos ele acaba te encurralando.


Clyde o laranja, anda aleatoriamente.


 Dando nome aos bois... ops, fantasmas!

Sabiam também que o presidente da Namco queria todos os fantasmas da mesma cor? Todos seriam vermelhos, porque segundo ele, fantasmas coloridos confundiriam as pessoas, só que ao mesmo tempo acabaria com o conceito das personalidades. Por sorte, em uma pesquisa feita com jogadores teste, nenhum deles disse preferir os fantasmas da mesma cor e a identidade deles foi salva! 




Pac-Man também foi o primeiro game a usar o conceito de Power Up, que confere ao seu personagem poderes especiais ao interagir com determinado elemento do jogo, isso acontece ao comer as pastilhas maiores que ficam nos cantos do labirinto e te dão por um período de tempo a capacidade de comer os fantasmas e deixar de ser a caça para ser o caçador! Esse conceito vem do desenho do marinheiro Popeye, que ganhava força ao comer espinafre! Outro sucesso dos anos 80, inclusive.


"Eu tenho a força!" Ops, essa frase é de outro...

Temos um Vencedor!

Apesar de inovar com a Inteligência artificial, Pac-Man fazia parte dos games randômicos da época, que não tinham uma história com inicio, meio e fim. A passagem de fase só te leva para a mesma fase, porém com dificuldade progressiva. O sistema só se mantém até o nível 255, depois disso ele trava, portanto em competições da época, vencia quem pontuava mais ao atingir o travamento. Billy Mitchell, hoje com 49 anos e atualmente dono de uma rede de restaurantes, possui o título de “Maior Jogador de Arcade de Todos os Tempos” por ter conseguido pontuações altas em jogos famosos, entre eles, o de ser o primeiro jogador a alcançar a pontuação perfeita no Pac-Man. A pontuação, de acordo com o site Tec Tudo foi de 3.330.360 pontos. E sem perder nenhuma vida. 


Bora jogar?

Balinhas!

Pac-man foi pioneiro em outra coisa. Foi o primeiro game a gerar merchandising com a venda de bonecos, canecas, roupas, etc. Também rendeu continuações e derivados (inclusive com a Sra. Pac-Man e o filho deles), algumas até atuais, além de desenho animado, mas o original ainda é insuperável! 




O Tech Tudo conta que na verdade, o game “Sra. Pac-Man” veio de uma cópia ilegal chamada Crazy Otto que utilizava a mesma mecânica do Pac-Man mas com mapas diferentes. Como não havia uma sequencia até então, a Midway, que publicava o game nos Estados Unidos comprou o jogo, editou e lançou como “Ms. Pac-Man” e aí sim, tentar pegar o público feminino. É o puro "Fazer do limão uma limonada!".


Sensualizando sua jogatina desde os anos 80!

Come, come! 

Hoje, Pac-Man faz parte da cultura pop e mesmo quem não joga, o conhece! Eu jogava nos tempos áureos do Atari e até hoje, sempre que posso, eu jogo pelo menos um pouquinho em emuladores ou no celular! Inclusive ao fazer essa matéria eu não resisti, tive que parar e jogar um pouquinho! O Google inclusive fez uma homenagem a ele com um logo especial (conhecido como Doodle) completamente jogável! Como eu sei que você também ficou com vontade de jogar agora, vai lá e divirta-se e até nosso próximo Falando de Games
Ah! E não se esqueça de curtir e compartilhar!




Abração e bora “Comer, comer! Comer, comer, é o melhor para poder crescer!” 



Todos os direitos reservados. Gamesphera - 2016. Tecnologia do Blogger.