Review - So Many Me


O jogo So Many Me trata-se de um competente game de plataformas/puzzle 2D, desenvolvido pela Estender Interactive. O game passou por um longo período em desenvolvimento, saindo primeiramente ao Steam, chegando agora aos consoles. A copia analisada aqui foi jogada no Xbox One.



Somos apresentados ao protagonista principal, um carinha (!?) verde (mais parecendo com o personagem do Super Meat Boy), chamado Filo. Filo está vivendo a vida, quando surge o espírito de seu antepassado "Asimov", informando que ele fora convocado à salvar o seu mundo Xio. Filo sem questionar, aceita e parte o inicio de sua aventura.


Quanto à mecânica de jogo, ela é bastante simples nos primeiros estágios; você basicamente precisa apenas coletar sementes da arca, o que faz com que se multiplicar em diferentes clones seus. E assim, adquirem a capacidade de se transformar em uma "pedra", que ajuda-los a resolver enigmas, alcançar aberturas, esquivar dos inimigos e avançar até o próximo nível. 

Conforme avançamos no jogo, novas habilidades são adquiridas para resolvermos quebra-cabeças mais complexos, como por exemplo se tornar uma bola vermelha que possibilita saltar mais alto para alcançar lugares antes inacessíveis ou uma luz branca brilhante para distrair os inimigos.


Em cada nível, você precisa coletar três itens; A ARK Seed que desbloqueia mais exclusivos "ME" (como é chamado o seu clone) e Artefatos para gastar em itens e habilidades. O terceiro item que você pode coletar são “trajes” para dar a cada "me" um visual diferente. Apenas as Ark Seed são essenciais para ajudar com quebra-cabeças e progresso para o próximo nível. Embora tenha encontrado em todos na primeira fase, já a partir da segunda o negócio começa à complicar... Ainda bem que é possível simplesmente ignorar os todos os itens e seguir para a próxima fase.

Soube que o design desse game, assemelha-se muito a outro bastante similar – BattleBlock Theater. E de fato se mostrou bastante parecido, embora não o tenha jogado. Caso desejem conferir, postei algumas imagens e vídeo para comparação.  Se você já conhecia o BattleBlock Theater e gosta deste estilo, pode seguir sem medo para adquirir So Many Me.




Em tratando-se da minha experiência com So Many Me, confesso que esperava muito mais por ele. Até a segunda etapa, os puzzles são aceitáveis e sem muita complicação, mas então surgem alguns inimagináveis e com solução absurda. Não que não goste de puzzles, pelo contrário. Mas aqui os enigmas se tornam frustrantes à ponto de abandonar completamente a partida, sem saber como seguir adiante. É uma pena, pois o seu visual infantil esconde um terrível e puzzles nada sugestivos ou racionais, dependo mais de sua habilidade nos controles (saltos precisos) do que massa cerebral.

Como sou daqueles que gosta de fuçar todos os cantos dos mapas, por várias vezes me peguei em situações em que não saia do lugar, sem saber exatamente o que fazer para seguir adiante, mesmo  não me importando muito com os itens das fases. Acabei abandonando o games após algumas horas de dificuldade exagerada.


Resumindo, o game é bonito e bem elaborado, mas peca ao adotar uma dificuldade excessiva em seus enigmas. De fato, pode enganar ao sugerir de que se trata de um jogo infantil, o que não é. Os mais jovens não conseguirão ir muito além das primeiras fases. Sua história realmente não há nada para ser dita. É qualquer coisa. Mas lembre-se do que eu venho dizendo sobre ele: ficará rapidamente frustrado com seus enigmas, à ponto de não saber mais o que fazer e até abandonar o game. Não é como nos outros games cheios de puzzles. Aqui a dificuldade não tem graça e não existe aquela busca por solucioná-lo.



Todos os direitos reservados. Gamesphera - 2016. Tecnologia do Blogger.