X-Ray - The Taken King - Segundo ano de Destiny


Prepare-se, Guardião
Recentemente, a Bungie deu uma pequena amostra via Twitch, em profundidade do que nos aguarda em Destiny: Ano Dois. Iniciado pela expansão Rei dos Possuídos (The Taken King), a ser lançado em 15 de setembro, tudo leva á crer que não se trata exatamente de uma continuação, mais sim uma reinicialização. Todo o sistema de nivelamento dos itens antigos será revisado. Muitas de nossas armas ficarão obsoletas. Nós estaremos sendo apresentados a novos inimigos, novas missões, novas rodadas em patrulhas diversas, e até mesmo novos modos de jogo dentro do Crisol.  Vejamos a seguir um pouco mais sobre o que a Bungie, em termos gerais, revelou até agora.

Trailer

Como se pode notar, a Bungie lançou um trailer para o revelar alguns destes detalhes. Na verdade, como há tanta coisa acontecendo simultaneamente, apresentando todas as novas inclusões, que nem mesmo os mais ávidos jogadores de Destiny poderiam facilmente decifrar. E por isso, realizamos um estudo mais cauteloso sobre as novidades desse novo capítulo na vida de Destiny. Segura ai e vem conosco!

O novo sistema de nivelamento
Acertadamente, eis o resumo global de como o novo sistema de nivelamento funciona. Já sabíamos que o sistema baseado em Luz - em que você só pode progredir além do nível 20, acumulando um total de luz ligado a sua armadura - seria substituído por um “grindy” muito menos complicado, e muito menos pelo sistema de XP tradicional. Parece, contudo, que ainda existem classificações de Luz para equipamentos, porém, ao invés de definir o seu nível, serão modificadores de ataque e defesa gerais. Não é muito diferente de qualquer RPG tradicional. Conforme sobe de nível, você equipa melhor seu material, tornando-o mais forte e mais perigoso. Mas como uma pequena diferença, pois seu ataque e defesa finais serão decididos por uma média de seu registro Luz, não pelo seu total.

O novo sistema de nivelamento dos itens exóticos
Foi apresentado nesse primeiro vídeo, como o nivelamento dos itens exóticos serão realizados a partir do Ano Dois. À essa altura, você deve se lembrar que a Bungie já revelou que as armas lendárias do Ano Um não serão atualizadas para o Ano Dois. Porém a Bungie mantém-se relutante na quebra do silêncio sobre os famosos “itens amarelos”. Bem, parece que - enquanto ainda não está 100% claro - nós poderíamos ter algo aqui para trabalhar.
Primeiro, imaginemos como a divisão do inventário em 'Ano 1' e 'Ano 2' é intrigante, especialmente quando você considera que existem duplicados entre as duas partes. Observe as armas Monte Carlo e A Última Palavra, presentes em ambas as seções dos anos um ano e dois? Eles estão ligeiramente redesenhado para o ano dois, mas são definitivamente idênticos. Isso com certeza não é uma coleção histórica que estamos vendo ali. Tudo leva à crer que iremos ser capazes de adquirir uma versão “modificada” ano dois de seus itens exóticos existentes. Plantas ou 'blueprints' para que seja possível acompanhar  a evolução para novos modelos exóticos, é uma adição legal, deixando de lado as atualizações simples e diretas.

Uma moeda para governá-los todos
Marcas Lendárias parecem ser a nova moeda em Destiny para a maioria de suas transações. Estou particularmente esperançoso que elas venham ​​para unificar a economia do mundo sob uma única moeda de troca. Não gosto do lance de obtenção das moedas estranhas, fragmentos de luz, Marcas de Vanguarda, etc... os quais servem como moeda dentro de Destiny.
Ao que parece, o Ano Dois pode estar recebendo um sistema melhor e muito mais simples agora. Marcas lendárias são adquiridas em atividades diárias e pelo desmantelamento do sistema de troca, o Legendário (ou “Legendary”) parece que substitui diretamente os inúteis Energia Ascendente e Cristal Ascendente. Até então, tínhamos que usar marcas do Crisol ou marcas de Vanguarda para comprar  equipamentos de fornecedores, amarradas às respectivas lojas, mas como pode perceber nas imagens, mostram “Legendárias” sendo utilizados ​​na loja do Crisol.

Muitas Quests únicas
Se há uma coisa que as atividades PvE de Destiny precisa melhorar para agitar as coisas, é sem dúvida mais Quests. Adicionar essas histórias menores na linha principal da campanha, independentes das missões fundamentais, acrescentou uma sensação muito boa e melhor relevância com a história e o mundo de Destiny.
Agora, parece que as quests serão um elemento contínuo sempre presente do jogo, capaz de ser aberto a qualquer momento. Elas parecem agir como pano de fundo com histórias adicionais para a principal linha de enredo, que é altamente intrigante.

O novo sistema de fidelização das Facções
Parece que a lealdade do fornecedor das facções está ficando um pouco abalada. Explico: Onde atualmente, você só poderia subir de nível de reputação com o Culto da Guerra Futura, Órbita Morta e Nova Monarquia, equipando seus itens de classe especial para substituir os pontos de Vanguarda e Crisol, agora por competência à favor da facção (em troca da possibilidade de comprar o seu equipamento, de nível superior específico), parece que a lealdade passe à ser um assunto um pouco mais formal, mas muito mais bacana.
Concretizar uma aliança em dois anos parece um simples de dizer "sim" para o fornecedor em questão, com a sua capacidade de mudar de fidelidade agora, limitados a frequência de uma vez por semana, compensa? Parece que será capaz de coletar reputação de facção, ao mesmo tempo que Vanguarda. Vamos aguardar.

Marcas de facção para armadura e navios
Não é 100% claro se estes projetos são inerentes às artes de facção ou aplicado via facção exclusiva, mas de qualquer forma, fica a dica dessa novidade.

Existem 16 slots de prêmios
Para aqueles que buscam seriamente aumentar sua barra de XP - e agora que o XP é o núcleo de nivelamento para todos - este é um grande e importante aspecto a ser observado. Todos nós já lamentamos nossa incapacidade de obter as recompensas que nós queríamos em um determinado dia, e isso deve ser resolvido. Assim espero...

Os novos fantasmas com olhar um pouco diferente
Tinha notícia de que novas skins de fantasmas estavam vindo por ai, mas agora podemos vê-los, efetivamente. O esquema de cores roxo e dourado parece bastante elegante, de fato. Não faço a menor ideia do que eles fazem na prática, no entanto, está valendo.

Cayde-6 é o próximo grande jogador na história
No trailer, além dele, é possível visualizar o novo fantasma de Nolan North (nova voz principal no seu ouvido), Eris, Petra Venj e Variks. Dada a sua natureza afável e longo sofreu ansiando por seus dias de glória como aventureiro. Você sabia que ele é secretamente Nathan Fillion sob a máscara? Pois é.

Os artefatos são um novo elemento de seu inventário

Sabemos que artefatos são os novos itens equipáveis nesse Ano Dois. Foi possível também notar versões de cores diferentes nas telas da loja do Crisol. Não sabemos muito mais sobre eles, logo não estamos 100% certos o que eles fazem.

E por enquanto, é isso!
Esperamos vocês, Guardiões, em Destiny!

*texto baseado e livremente traduzido - GamesRadar


Veja também:


Todos os direitos reservados. Gamesphera - 2016. Tecnologia do Blogger.