Review - Song of the Deep


Song of the Deep, para nossa grata surpresa, é um game simplesmente cativante que nos transporta para o fundo do oceano em uma aventura emocionante. Nele, acompanhamos a história de Merryn, uma linda garotinha que mora com seu pai pescador, e que fica deslumbrada com as histórias e lendas que ele conta. Um certo dia, o pai de Merryn sai com seu barco para pescar e não retorna para casa.

Resultado de imagem para Song of the Deep

Preocupada com seu pai, Merryn resolve ir atrás de seu pai, colocando em prática todo o seu conhecimento náutico, construindo um pequeno submarino utilizando sucata. E assim, controlamos Merryn por um novo e belíssimo mundo submarino, inspirado por personagens da mitologia irlandesa.

Imagem relacionada

Durante todo o game, uma voz narra os detalhes sobre Merryn e os lugares por onde passamos e as criaturas fantásticas que encontramos.

Song of the Deep é um raro exemplo competente do estilo Metroidvania. O game lembra o consagrado Ori, mas nos remete ainda mais ao clássico Super Metroid. O mapa do game é gigantesco, repleto  de labirintos e recheado de puzzles (fáceis) para resolvermos.


Um lance sempre muito legal do estilo Metroidvania aqui é o fato de termos que revistar algumas áreas que somente estarão disponíveis com o avançar do jogo. Por exemplo, logo de início já podemos ver no mapa vários itens e tesouros que não podemos alcançar, por não possuirmos as habilidades necessárias para alcançá-lo. Ao longo do game podemos melhorar nosso submarino encontrando upgrades nos cenários ou comprando-os com um caranguejo-ermitão vendedor, podendo assim acessar áreas que antes estavam bloqueadas.

Resultado de imagem para Song of the Deep

O submarino possui três tipos de armas passiveis de upgrades: A garra magnética, um item usado para pegar objetos no cenário, e também para atacar inimigos. Os torpedos, divididos em três tipos: Elétrico, fogo e gelo, que também são muito úteis na resolução de alguns puzzles, e o sonar, mas esse só avançando bem no game para adquiri-lo.


Além disso, após determinado ponto do game, Merryn pode sair de seu submarino e nadar, sem a preocupação de ficar sem ar, graças a um item que encontramos que fornece um suprimento inesgotável de oxigênio para a garota. Merryn pode entrar em espaços apertados (por muitas vezes escondidos), grandes demais para o submarino, e utilizar uma faca encontrada no game para atacar inimigos e resolver puzzles de luz, que são bastante desafiadores mas divertidos de se concluir.


O foco principal do game está na exploração e resolução de puzzles. Os inimigos do game são fortes e espertos, nunca ficando parados esperando o ataque do jogador. Eles cercam o jogador, atacam em conjunto e desviam ao serem atacados. Ao se derrotar os inimigos, recuperamos um pouco do dano que sofremos, e recuperamos um pouco de Energia Tyne, um elemento crucial no game. A energia Tyne é uma força abundante no fundo do mar. Ela é uma energia viva presente em todos os lugares, e é o combustível principal para os torpedos do submarino, além de formar poços de energia, onde podemos salvar o game e nos recuperar de todo dano sofrido e energia gasta.


E ainda temos a interação com o próprio cenário. Usando os faróis do submarino (já com os devidos upgrades) podemos interagir com alguns animais e obstáculos, bem como ao utilizar determinados objetos com os animais marinhos.

Song of the Deep é belíssimo em sua concepção artística. O game possui cenários e personagens feitos em 2D, com exceção de Merryn e seu submarino, que possuem visuais em 3D.


Os efeitos de iluminação do game são bem competentes, não afetando somente Merryn e seu submarino, os únicos personagens em 3D, mas também afetando os personagens em 2D, inclusive ao se utilizar os faróis do submarino, como já dissemos.

E o que dizer da trilha sonora de Song of the Deep? Impecável. Com belas melodias únicas para cada área do game, e músicas impactantes para os momentos de perigo. As músicas são calmas, e muitas vezes dão até aquela vontade de relaxar ao som do mar enquanto navegamos por aí.


Song of the Deep apresenta uma simples, porém bela história, contando a aventura de Merryn em busca de seu pai desaparecido no fundo do mar. O game possui um mapa enorme e recheado de puzzles e perigos, dando ao jogador boas horas de diversão, principalmente para aqueles que gostam de explorar cada centímetro até encontrar tudo e fechar com 100% dos colecionáveis.

E para fechar com chave de ouro, o game possui menus e legendas totalmente em português, num excelente trabalho de tradução!



Todos os direitos reservados. Gamesphera - 2016. Tecnologia do Blogger.